segunda-feira, 3 de novembro de 2008

LANÇAMENTO DO MEU PRIMEIRO LIVRO DE POESIA: A TELA DO MUNDO

A Tela do Mundo, livro de estreia de Luís Filipe Pereira nos meandros da poesia, propõe-nos um diálogo entre a palavra poética e um conjunto de pinturas e pintores contemporâneas (de Vieira da Silva, Antonio López, Helena Almeida, Miró, Chagall, Cézanne, até aos desenhos do Poeta António Ramos Rosa, Graça Morais, Frida Kahlo, Tàpies, Júlio Resende, Paul Klee, Edward Hopper, João Vieira, Laura Cesana (uma pintura sua, expressamente realizada para o livro, dá rosto à capa idealizada como uma tela) Helena Almeida, De Chirico, van Gogh, Magritte entre vários outros).Um livro que explora o enlace ou concerto de duas artes: a poesia e a pintura, numa reinvenção da linguagem segundo o mote lançado por P. Klee para a arte moderna: "dar a ver o invisível" e convertido pelo autor de A Tela do Mundo em versos como:"O encontro dos lábios/ com a paisagem dos dedos". Este livro, como se tela em branco a ser pontilhada pelos sulcos de cor recriados pelo olhar dos leitores, nascerá no dia 29 de Novembro, às 18h45, na Livraria Byblos das Amoreiras, com apresentação da Professora Doutora em Filosofia/Estética A. Isabel Clemente (autora do Posfácio da obra), num evento pautado pela interartisticidade, pelo "encontro inesperado do diverso" (M. G. LLansol), por hibridismos de artes e polifónicos modos de dar a ver sob o signo do Poético em sua amplitude poiética e aiesthésica.
"Universo poético, rico, muito rico, que é preciso ir descobrindo, linha a linha, poema a poema, em que nos vamos deixando enlear e cuja magia persiste para lá da leitura." (Isabel Clemente)

62 comentários:

Anónimo disse...

Filipe,
venho aqui parabenizá-lo pelo seu livro, que creio, será certamente subliminar.
Estarei por certo lá, honrada por um dia me ter cruzado na sua escrita.

Até breve, que a luz ilumine sempre a "Tela do Mundo".

Permita-me um beijo fraterno
Mel

luís filipe pereira disse...

Caríssima Poeta, exímia Poeta, Amélia de Carvalho. Muito obrigado.
Que luz salutar!Esta Tela do Mundo, será, acredito, iluminada pelo olhar dos seus leitores, de luminosos leitores como a Mel. Bem haja. E até dia 8, no lançamento do seu livro, que, estou certo e genuinamente o desejo, fará proliferar "raios de mundo" (M.-Ponty) em todos quantos busquem no Sol a arché, pois NO Princípio era o Sol (parabéns pelo seu título tão belo).Com o afecto inteiro,
Luís Filipe pereira

Anónimo disse...

Que alegria imensa: um livro do Filipe. Parabéns: não vejo a hora de ir assistir ao nascimento de um livro de um grande pensador, de um excepcional escritor, brilhante poeta. E sempre surpreendente - polifónico - um livro de poemas a patir de um leque tão representativo da pintura contemporânea. Lá estarei. Como faltar?
A. Soares.

MóniKa disse...

A tangibilidade do sonho...PARABÉNS!

Anónimo disse...

Prezado Escritor e Filosofo e Poeta,
como lhe disse tenho um seminário fora de lisboa naqueles dias mesmo assim vou
ver se consigo uma boleia p/ vir ao lançamento e voltar- no entretanto estou a
dizer a alguns amigos- aguardo o seu convite pelo correio p/ dar mais detalhes

e o congratulo vivamente pela rapidez também!"! sei como estas coisas são
dificeis- a byblos é uma loja muito simpatica e devo la passar uns destes
dias- e tb um simpático lugar de encontro-
mais felicitações

laura cesana

luís filipe pereira disse...

Caríssima Artista, Pintora Laura Cesana, autora do rosto (com uma pintura maravilhosa, generosamente feita por si para o efeito) da capa, a sugerir uma tela em branco,deste livro, tela de mim, A Tela do Mundo. Obrigado pelas vivíssimas felicitações que me honram tanto e que retribuo, no meu jeito poético, com um poema inserto no livro sobre um ciclo da sua pintura, sobre suas manchas musicais.
Bem Haja.
Luís Filipe Pereira

luís filipe pereira disse...

Cara escritora, cara artista plástica de brilhantes ilustrações, Cara companheira de "cumplicidades criativas": Mónica Cunha. Os dedos ao rés do sonho têm igualmente sua generosa marca digital (e vocal............).
A minha ternura e admiração,
Filipe

Anónimo disse...

caro Luís Filipe, fico muito contente com a notícia do lançamento do teu
livro! Muitos parabéns!
Infelizmente, nesse dia não posso mesmo estar em Lisboa. Mas vou divulgar
a notícia junto dos meus amigos!
abraço,
António Sáez Delgado

luís filipe pereira disse...

Professor Doutor Antonio Sáez Delgado, caro poeta, muito agradeço a sua gentileza e não posso deixar de cravar aqui as redivivas marcas das suas aulas de Mestrado em Literatura Espanhola Contemporânea: a viagem em que me guio pelo mundo poético e cultural da Geração de 29: Lorca, Lúis Cernuda, Pedro Salinas, Vicente Aleixandre.... (e o trabalho a que me incentivou, o diálogo entre António Ramos Rosa e Vicente Aleixandre sob o signo de Eros, que classificou com 19 valores.........há-de, como sugeriu, ser publicado). Bem Haja.
Luís Filipe

Anónimo disse...

Caro Filipe,

Parabéns pelo livro e muito obrigado pelas suas palavras amigas. Infelizmente, não estarei em Lisboa. Todavia, vou ainda tentar o impossível, a fim de poder comparecer,
mesmo que seja um pouco depois da hora.
Vai tudo correr bem !
Um Grande Abraço para si
CCSC

Anónimo disse...

CARÍSSIMO Professor Doutor Carlos Couto Sequeira e Costa, matriz viva do pensar contrapontístico & rizomático, polifónico e desassossegante até aos confins da genealidade. Alentam-me as suas palavras. Fico sem palavras para o quadro que me enviou de M. H. Vieira da Silva. Aliás é a partir de um quadro da grande Pintora de Labirintos, Bibliotecas, vórtices, linhas e linhas que se entrelaçam como em Jogo de Xadrez, que surge o título de um poema que é também o do livro: A Tela do Mundo.
Um abraço, a admiração ad infinitum.
luís Filipe

Anónimo disse...

Caro poeta, escritor ímpar, filósofo rigoroso e criador, jamais faltaria ao lançamento do lançamento do seu Livro. Na minha agenda (como no belíssimo convite) vou contando os dias que faltam para brindar ao primeiro de nascimento de tantos livros seus de poesia (e outros............)
E. Rodrigues

gisela Ramos Rosa disse...

Caro Filipe, os meus parabéns pelo seu livro!
Gisela Rosa

luís filipe pereira disse...

Cara Gisela Ramos Rosa, muito obrigado pelas suas palavras, pelo apoio, pelo alento. Bem haja. Com a amizade inteira,
Filipe

Anónimo disse...

Caro Filipe:


Agradeço muito e fiquei muito feliz por editar o seu livro.
Lá estarei .
Um abraço,
Ana

mar disse...

a tela do mundo pelas tuas mãos, em tons fortes, traços distintos? fico a perecer os horrores de não puder apreciá-la de perto mas quando me chegar às mãos vou dissecar as palavras, cortá-las devagar com as facas dos meus silêncios, enclausurar as parcelas imediatas de loucura, aquelas que é preciso ter para nos sentirmos inteiros não é?

em breve, ao longe, soarão as trompas dos quadrípedes e os centauros não mais permanecerão incrédulos ao céu, sob a tela do mundo de luís filipe.

parabéns meu bom amigo.
tudo correrá bem
=)

um beijo
deste
mar.

mar disse...

a tela do mundo pelas tuas mãos, em tons fortes, traços distintos? fico a perecer os horrores de não puder apreciá-la de perto mas quando me chegar às mãos vou dissecar as palavras, cortá-las devagar com as facas dos meus silêncios, enclausurar as parcelas imediatas de loucura, aquelas que é preciso ter para nos sentirmos inteiros não é?

em breve, ao longe, soarão as trompas dos quadrípedes e os centauros não mais permanecerão incrédulos ao céu, sob a tela do mundo de luís filipe.

parabéns meu bom amigo.
tudo correrá bem
=)

um beijo
deste
mar.

Anónimo disse...

Está cada vez mais perto! Já conto os dias para poder percorrer as páginas do teu livro meu Caro Amigo!

Anónimo disse...

Como faltar? Se o Luís Filipe é um fabuloso poeta, mágico escritor, a pessoa mais generosa e pura que conheço?
Cristina Teixeira

Anónimo disse...

Foi com muito gosto que recebi o convite para estar presente no lançamento do seu primeiro livro de poesia. Só em caso de força maior é que não estarei presente.
Laura Gil

luís filipe pereira disse...

Caros amigos, intertextualizantes de afectos e de partilhas, Cara Professora, cara escritora Laura Gil, as vossas palavras generosas são já pigmentos deliciosos nas antevésperas do lançamento de A Tela do Mundo. Obrigado.
Filipe

Anónimo disse...

A Tela do Mundo, em plena dimensão poética: "dar a ver o invísivel"!
O culminar da mente, de linguagem, de movimentos da cor, pela cor das palavras. Eis, a simbiose da arte, pela arte, num só livro que promete, construído por um só poeta - Luís Filipe Pereira - o nosso amigo escritor!

Agradeço, o convite a este diálogo. E lá estarei na Byblos, dia 29 de Novembro, sim!

Um grande abraço.
Fernanda Apolinário
(DiteApolinário)

Anónimo disse...

lá estarei para assistir ao nascimento da tua Tela de palavras que será por certo um emocionante e inesquecível momento poético e cultural.
parabéns pelo teu primeiro de muitos livros.
rui

luís filipe pereira disse...

Obrigado queridos amigos Fernanda (Dite) Apolinário e Rui Cecílio: Ambos sabem o quanto vos estou grato pelo incentivo, por gostarem tanto da minha escrita. Bem hajam.
Filipe

Anónimo disse...

Caro Filipe,
Obrigado…sinceramente e até dia 29.
Cumprimentos a toda a família e a si um abraço muito especial

Laurentina Pereira

Câmara Municipal de Lisboa
Direcção Municipal de Cultura
Rua das Portas de Stº Antão, 141
1150-267 Lisboa

luís filipe pereira disse...

Caríssima Laurentina Alves P., digníssima responsável e exímia dinamizadora pela cultura na Camara Municipal de Lisboa. Dia 29, dar-lhe-ei um reconhecido abraço tão especial e sentido como ecoaram em mim as suas palavras.
Filipe

Anónimo disse...

Filipe? que dizer-lhe? que o admiro, que o seu livro é um verdadeiro acontecimento literário, um advento, que é fascinante o modo como concerta as artes sob o horizonte da Filosofia.
Muito obrigado pelo convite. Faltar? Impossível.
L. Xavier.

Anónimo disse...

Paulo Borges disse...
Caro Luís Filipe, felicito-o pelo livro, que sei que será excelente, mas lamento não poder em princípio estar presente, pois devo estar a dar um curso em Leiria.

Um Abraço

luís filipe pereira disse...

Caro Professor Paulo Borges. Muito obrigado pelas suas palavras. Sabe o quanto o admiro e quanto genuinamente gostaria de contar com a sua Presença. Caso lhe seja manifestamente impossível a sua presença física, sei que está em ânimo, em "ronda adamantina", e está, acima de tudo, presente como Leitor da Tela Do Mundo e entre os dedos dos leitores a Tela do Mundo tem o seu co-nascimento. Bem haja.

Anónimo disse...

Filipe: é o começo, magnífico por certo, do seu "caminho de palavras" nos meandros da poesia. Lá estarei a celebrar a Tela do Mundo, a dar-lhe os parabéns que tanto merece: porque é uma pessoa sublime, porque é um escritor, um poeta, um pensador raro, muito raro, fabuloso!Como o Filipe merece todas estas manifestações de admiração e afecto!
Mafalda

Anónimo disse...

Fico muito feliz por essa tua iniciativa e nunca pensei que te lembrasses de mim. No entanto ,se nada
de mais acontecer, estarei lá para te dar os parabéns, com todo o gosto.
Se não nos falarmos mais até lá... lá estarei
Mário Silva

Anónimo disse...

Claro Filipe, não me esqueci e estarei presente, vou passar a informação à minha mãe. um beijinho e obrigada

até breve
Joana

luís filipe pereira disse...

JOANA MORAIS, É uma honra contar com a sua presença e com sua mãe, uma pintora que tanto admiro: Graça Morais: sobre ela, sobre a série Escolhidas, tenho um poema a pontilhar de manchas telúricas o meu livro A Tela do Mundo.
Abraço Joana Morais,
Abraço afectuoso e sempre deslumbrado, Graça Morais,

Filipe

luís filipe pereira disse...

Caro Luís Filipe

Muito lhe agradeço as palavras amáveis que me endereça e é sempre para mim motivo de orgulho que um antigo aluno meu prossiga a sua investigação com tão elevada classificação. Ainda mais me satisfaz o facto de ter também enveredado pela carreira artística e literária, pelo que tudo farei para estar presente no lançamento do seu livro, assegurando, desde já, a divulgação do mesmo junto do meu círculo de conhecimentos.

com amizade
Cristina Beckert

luís filipe pereira disse...

Obrigado Professora Doutora Cristina BecKert (saudades muitas das suas aulas de Ètica na Faculdade de Letras de Lisboa) pela gentileza do seu mail, pelas suas palavras-pigmentos a tingirem de cores plenas de afecto esta Tela do Mundo. Nela, subterrânea, há uma poiética marcada pela ética (esse foi há anos meu tema de trabalho para a cadeira de Ética, a partir de Heidegger, próximo de hölderlin), pelo sentido genuíno de habitação, casa de Lévinas, "casa do ser" "pastoreio do ser" (heidegger) e, nos seus anversos, nas dobras há uma ética do ofício do poeta, se este não se abstém de lutar com a arma do Dict, com as soleiras e a clareira (Lichtung) da recusa da imoralidade, do submundo abjecto da crueldade, do desrespeito pelo Outro, pela alteridade inteira e plena.
Bem Haja Professora, será uma honra contar com sua presença dia 29 de novembro.
Filipe

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,

Eu é que lhe agradeço e irei com muito gosto; vou combinar com a Filipa.
Poderei também colocar uma nota no portal sobre o lançamento do livro no menu "Actualidades". Parece-lhe bem?

Cordiais cumprimentos,

Cristina Pinto Coelho
www.bestartis.com
o portal das artes
editorial@bestartis.com

luís filipe pereira disse...

Caríssima CRISTINA PINTO COELHO, muito me honram as suas palavras e será um imenso privilégio contar com a sua presença num evento cujo horizonte tão exemplarmente domina, enaltece: o da criação artística. Será um emorme prazer celebrar com a Cristina Pinto Coelho e com a artista plástica, que tanto admiramos ambos, a Filipa Freitas do Amaral. Espero retribuir com a publicação dest'A Tela do Mundo tamanha gentileza, pois em breve esta Tela ficará povoada pelos dedos, pelos olhares,
pelos sentires e devires dos leitores: é já vossa caríssimos intertextuantes, caras amigas, caros amigos, esta Tela, pois está já a colorir-se com a vossa expectativa de leitura. É vossa a arte poética da recepção.(há mais um portal, canal de irradiação, concerto de vontades & afectos, à disposição de notícias sobre o lançamento da já Vossa Tela do Mundo).
Luís Filipe Pereira
(

Anónimo disse...

O Luis Filipe é um dos amigos que às vezes penso que não mereço um sortilégio assim, pois tem-me distinguido sempre com palavras de grande alento.
Em principio pensei fazer o lançamento do livro no dia 29, dia em que faço 70 anos. Porém como o LF vai fazer o seu nesse dia, mudei o meu para 22 (ainda por confirmar) e assim, estarei com os meus filhos e amigos junto de si nesse dia.
Naturalmente que teria muito orgulho em que o LF dissesse o que quiser sobre os poemas
Um abraço Amigo da
Sani

luís filipe pereira disse...

Caríssima MARIA SATURNINO, Queridíssima Sani, sortilégio é receber uma honra assim.........palavras tão boas, puras, genuínas que pedem silêncio e pedem ternura. Que bom, que Dom, festejar comigo os seus lindos 70 anos à volta da Tela do Mundo, onde intimamente brindo também, como sabe, ao seu livro - lindo - recentemente publicado, com merecidíssimo grande êxito, em Tavira, num evento lindíssimo, Entre Margens. Já escrevi e escreverei mais, muito mais, sobre ele.
Emocionou-me tanto, querida Sani,
o meu abraço co-movido.
Filipe

Anónimo disse...

Caríssimo,


Parabéns pelo Blog!! Tem imagens e palavras maravilhosas!! Até dia 29!


Um beijinho, Ana

Anónimo disse...

filho: a Tela do Mundo, que escreves, faz-me, embevecido, confesso, recordar tempos da tua infância, da tua aprendizagem escolar, das tuas notas vinte, dos professores que te foram reconhecendo o génio filosófico e pressentindo o valor cultural que vai ganhando o seu espaço. Também me faz evocar aqui o que uma vez me disseste, algo revoltado: pai, os filósofos são para recordar e não para esquecer...
Pai e admirador

Anónimo disse...

Lá estarei, como não podia deixar de ser!
Dionísio Dinis

Anónimo disse...

Está perto Filipe. Vamos estar por lá, muitos de nós ...

Conte comigo!
Fraterno abraço
Mel de Carvalho

Anónimo disse...

Se puder, estarei presente. Pintura e poesia juntas, é com certeza algo de maravilhoso. E parabéns.
Laura

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,

Muito obrigado pelo seu simpático convite. Acontece porém que não estarei em Portugal na data do lançamento do seu livro: mas desejo-lhe as melhores felicidades para o que agora se segue.

Cordialmente, Miguel Tamen

Anónimo disse...

Terei muito gosto em ir ao lançamento do seu Livro, com os meus pais, irmã e, eventulamente, outras pessoas.Desejo-lhe muita sorte para o seu Livro e estou certo que tudo irá correr muito bem no dia 29.
Do seu aluno e amigo,
Ricardo Esteves

Rita disse...

lá estarei. Rita

Anónimo disse...

Filipe, parabéns pelo seu livro e de certeza que está um grande livro de poesia e é com todo o prazer que o irei ler. Boa sorte para o lançamento e lá estarei no dia da sua apresentação.

Abraço, João Marques

Anónimo disse...

Saudoso Luís Filipe


Uma surpresa agradável a sua mensagem, pela presença da sua pessoa e da sua obra. Agradeço-lho, muito sensibilizado, o convite. Eu terei, nessa tarde, um baptizado, aliás bem próximo da Livraria Byblos. Espero poder terminar a tempo de estar presente no lançamento do seu livro.
As minhas felicitações pelos seus êxitos filosóficos.
Um abraço amigo e até ao dia 29.
P. Cerqueira

Anónimo disse...

Caríssimo PROFESSOR DOUTOR CERQUEIRA GONÇALVES, Prof. Padre Cerqueira, não pode imaginar a emoção que sinto ante as suas palavras. Das suas aulas, de Filosofia Medieval, primeiro, do Medstrado em Filosofia, depois, guardo as mais vívidas e gratas recordações. Os diálogos acesos sobre ontologia, a sua sábia e sempre desconcertante, in concerto, leitura da jistória da filosofia, os seus conselhos para que eu nunca perdesse o horizonte da heterodoxia, o modo cpomo sempre me incentivou no gosto pelo pensar, na superação da empedrenida dicotomia da Filosofia e da Literatura, na poiética merleau-pontiana. Será uma honra, um privilégio que jamais esquecerei, revê-lo, partilhar consigo, o nascimento de A Tela do Mundo. Até dia 29 de novembro!.
Filipe

gisela ramos rosa disse...

Caro Filipe,
Obrigada por ter "linkado" a minha página ao seu Blog...intertextualidades...
Com amizade, Gisela ramos rosa

Anónimo disse...

Caro Filipe,qto ao convite, podes ter certeza q terei mto gosto em poder "partilhar" esse momento ctg, desejo desde ja sucesso nas vendas e claro, q tenhas uma enorme recepçao; falarei com a Leonor e a minha irma, e em principio devo comparecer com elas... Mas uma vez obrigado. um bom final de semana. Abraço! Aguinaldo

Anónimo disse...

qto ao convite, podes ter certeza q terei mto gosto em poder "partilhar" esse momento ctg, desejo desde ja sucesso nas vendas e claro, q tenhas uma enorme recepçao; falarei com a Leonor e a minha irma, e em principio devo comparecer com elas... Mas uma vez obrigado. um bom final de semana. Abraço! Aguinaldo

Tim James Booth disse...

Mais uma vez queria-te desejar os meus sinceros parabéns e votos de muito sucesso para o livro. E claro, um bom lançamento.

Cheers

luís filipe pereira disse...

Aguinaldo williams, Tim, obrigado pela vossa amabilidade, pelos votos, A Tela do Mundo anseia ser pintada com as cores de Ler. No dia 29, o branco da tela encher-se-á, desejo, de traços e linhas, formas e sinais, pois só a leitura abrirá nela fendas (como as de Lucio Fontana a quem dedico um poema no livro) e sulcos de sentido(s). Sentidamente, Filipe.

Anónimo disse...

Ut pictura poiesis: ansiosas fervilham as tintas e a tela deseja ser pintada. no branco, começam a esboçar-se as primeiras palavras daquela que será, em breve, uma grande obra poética. rui

luís filipe pereira disse...

Obrigado Rui Cecílio, meu grande amigo, meu caro designer do meu livro A Tela do Mundo. Obrigado por a tornares mais bonita.
Filipe

Anónimo disse...

Confirmo a minha presença!!!

Bjs

Laura Gil

Anónimo disse...

Oi Filipe,

Sinto-me honrada por achares que estou à altura do desafio, muito obrigada.
Cíntia Gonçalves

Anónimo disse...

Beijinhos grandes e sim vamos tentar estar no lançamento.
Elsa Garcia

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe

Agradeço muito o seu convite e as suas palavras. E também toda a ternura que revela pelo António, de quem gosto muito. É sempre luminoso ver o afecto e a admiração genuínas.
Com pena, estarei fora de Lisboa no dia 29, mas espero que tudo corra pelo melhor.
Um abraço,
Pedro Sena-Lino

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,

Não tenho a certeza de estar por cá nesse Sábado. Terei de lhe confirmar mais perto da data.

De qualquer forma já corrigi a informação no portal que está actualmente na rubrica de 1ª página «ACTUALIDADES EM MOVIMENTO»

O Museu do Fado também é um local bem escolhido e se eu puder, irei com certeza.

Cordiais cumprimentos,

Cristina Pinto Coelho
www.bestartis.com
o portal das artes
editorial@bestartis.com