sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A TELA DO MUNDO: NOVA DATA, NOVO LOCAL: 6 de DEZEMBRO, 17h, MUSEU DO FADO


A Tela do Mundo
Por motivos que me são totalmente alheios e, como noticiado pelos órgãos de comunicação social, ocorreu o encerramento da que era propalada como a maior livraria do país,a livraria Byblos, situação que me apanhou totalmente de surpresa, obrigando-me a alterar o dia e o local do lançamento do meu livro A Tela do Mundo para o Museu do Fado (Largo do Chafariz de Dentro, n.º1, Bairro de Alfama, Lisboa), dia 6 de Dezembro, às 17 horas.
Com um renovado entusiasmo e desejo que venham partilhar o nascimento da obra A Tela do Mundo, reitero o quanto me honra contar com a vossa presença.
Caros amigos, caros intertextuantes, agradecendo a todos as manifestações de amizade, de interesse à volta do meu livro A Tela do Mundo (postadas no item abaixo), venho, com renovado prazer e reverdecente expectativa, convidá-los a todos,
convocar-vos para o lançamento da minh'A Tela do Mundo, quase ferida de morte por quem não honra compromissos, pois fui tão apanhado pela "bomba" do fecho da Livraria como todos vós e cujos estilhaços me perfuraram por dentro: o ânimo, a vontade.
Porém gestos generosos como os vossos, mensagens de múltiplos quadrantes de apoio e incentivo, respeito e convicção pela qualidade do meu livro, pelas pessoas que tanto se têm empenhado em planear e sonhar o seu evento (a produção de imagens prodigiosa de Inês Apolinário, o empenho da criadora de jóias contemporâneas Inês Nunes, da Mónica Cunha, da Cíntia Gonçalves, a colaboração de vários artistas plásticos , da Direcção da Cultura da Câmara M. de Lisboa, na pessoa, minha amiga, de Drª Laurentina Alves P, da Directora do Museu do Fado, Drª Sara Pereira, da Professora Doutora, minha amiga de e para sempre Profª Isabel Clemente (autora do posfácio da obra) e que fará a apresentação do meu livro, de tantos outros (obrigado Fernanda Apolinário, Dionísio Dinis, Goreti Dias, Doutora judite Fidalgo, Mel de Carvalho, Laura Gil, e todos, e tantos outros),
porém, dizia-vos, toda essa dinãmica ditou, com a força de um kantiano imperativo categórico, que o meu livro será lançado, num espaço lindíssimo, num evento que será, estou certo, maravilhoso: com um prelúdio musical de três guitarristas exímios (Isabella's Bop), com a apresentação de uma especialista maior em filosofia/estética e história de arte, com a leitura polifónica de poemas do livro tendo por fundo a projecção de imagens que serviram de rampa à construção poemática, com um fecho sublime protagonizado na guitarra portuguesa por Luísa Amaro (companheira de vida e de palcos do saudoso Carlos Paredes) e do primeiro clarinetista Gonçalo Lopes, que interpretarão uma composição inspirada nesta obra A tela do Mundo.
Depois haverá autógrafos e, sobremaneira, as dedicatórias sinceras e gratas que quero deixar nos vossos livros, que serão a vida do meu livro, e, finalmente, um beberete oferecido pelo Museu do Fado.
Sei que comprendem, com o coração, que a situação ocorrida não me torna merecedor de uma penalização, ou melhor, da falta de pessoas que tanto faço questão que estejam presentes.
A Todos agradeço. A muitos, desejo e acredito, até dia 6 de dezembro no Museu do Fado para co-celebrarmos o nascimento de A Tela do Mundo.
luís filipe pereira

55 comentários:

MóniKa disse...

Força poeta!
Mónica

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,

muito obrigada pelo seu convite. Acredite que gostaria de estar presente, mas não me é possível, dado estar este semestre em Londres, como visiting professor no King's College.

Desejo-lhe todas as felicidades, acredite. Bom trabalho e bons sucessos,

Helena Buescu

Tim James Booth disse...

Esqueça Luís, quem não cumpre compromissos não deixa saudades. O novo sítio vai ser com certeza muito mais mágico.

Cheers

Anónimo disse...

Nem mais, estimado amigo Luís Filipe Pereira! Saber dar a volta por cima, provavelmente mais aprazível no " Museu do Fado", na celebração feliz e merecida deste seu evento, é mudar o fado...

Abracemos no dia 06 de Dezembro a pintura e poesia da "Tela do Mundo", pois então!

Abraços
Fernanda apolinário

Laura Gil disse...

Amigo Luis, não tenho dúvidas que o Museu do Fado é um espaço magnifico para o nascimento da "A Tela do Mundo". Espero estar presente, para aquele abraço.

Beijo
Laura

Mel de Carvalho disse...

Mtº estimado LFilipe, que se façam pois re-arranjos nas nossas agendas, que se façam, pois então, mas façam, para possamos todos estar por perto para lhe dar o abraço que merece e usufruir do momento.A Casa do Fado é sem dúvida uma excelente escolha.
Estarei por lá, pela certa, algures num cantinho, emocionada por ver assim, artes que tanto gosto (sabe que gosto do fado, que, na minha modestíssima tentativa poética o enalteço tantas e tantas vezes), dizia, artes que tanto aprecio, assim se cruzarem numa enorme "Tela do Mundo" e dos afectos, ouso acrescentar.

Afectuoso e sincero abraço
Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

Amigto Luís Filipe

Passei casualmente pela livraria Byblos, na manhã do dia em que se deu por encerrada, logo concluindo que o lançamento do seu livro não poderia fazer-se lá.
Fico satisfeito com a alternativa, sobretudo pelo facto de o Luís Filipe não ter desanimado, mas não posso garantir, neste momento, a minha presença, devido a um compromisso religioso que colide com esse dia e com essa hora. Já na data da primeira hipótese, havia uma coincidência de compromisso, no dia, mas não na hora. Nesta nova data, a coincidência atinge também a hora. Se eu puder encontrar substituto, aparecerei. De qualquer modo, não me esquecerei de comunicar o evento a pessoas conhecidas e interessadas.
Desejo-lhe, desde já, o maior sucesso.
Um abraço amigo do
P. Cerqueira

Anónimo disse...

Prezado ESCRITOR e ARTISTA,
Ia contactá-lo mas ....foi mais rápido! felicitações pela rapidez de outra alternativa!! para si e todos os intervenientes que nomeia.
- também dia 6 tenho um compromisso mas vou desmarcar com muito gosto e alegria para estar presente e festejá-lo -
vou divulgar.
com estima e vivas congratulações por tudo
até dia 6
um fraternal abraço
~laura cesana

Anónimo disse...

Lá estarei!E vai ser um grande sucesso, muito merecido.
Margarida Pereira Costa

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,

Muito obrigado pela actualização das notícias, que lamento. Continuo porém a não estar em Portugal no próximo dia 6. Desejo-lhe o maior sucesso.


Cordialmente, Miguel Tamen

Anónimo disse...

Claro que sim, Filipe: irei e já divulguei! Vai ver que no Museu do Fado é bastante melhor para o efeito... Se depois quiser experimentar fazer umas leituras da sua obra naquele espaço que lhe falei seria interessante. Um grande abraço!!! Ana

Anónimo disse...

Olá rapaz
Pois é, neste país infelizmente, raramente se consegue evoluir, nada ajuda.
No entanto fico contente com a tua presistência, o teu não desistir e pelos vistos deu resultado.
Claro que podes contar comigo e como te tinha dito, será um prazer ir assistir ao lançamento do
teu livro.
Podes contar com o meu apoio e lá estarei para te dar a minha humilde força.
Abraço
Mário Silva

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe,
não sei se estou cá esse fim de semana, mas se for o caso, conte comigo.
Felicidades da

M.Blanc

Anónimo disse...

Lá estaremos. Como não? A sua poesia enche-nos a alma.Um grande pensador, um grande escritor, uma pessoa rara.
A. Pestana

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe,
agradecemos o afável convite, confirmando a nossa presença no evento, que decerto eternizará, como mais um momento querido de um percurso pródigo de sucessos.
Entretanto, receba os nossos mui sinceros aplausos e reverências.

Elsa, Diana e Pais.

Anónimo disse...

saudadesdofuturo disse...

Luís Filipe Pereira,

Muitas vezes, estes contratempos ou mudanças de última hora são um bom augúrio. "A Tela do Mundo" parece-me ser, pelas palavras de apresentação e pelo que aqui publicáste da tua poesia, um excelente "objecto" de arte. Não posso estar presente. Mas hei-de colocá-lo na minha estante. Desejo que seja um excelente lançamento. O envolvimento cultural promete...

Anónimo disse...

Um fabuloso hapenning!Impossível faltar.
Um livro de grande Poesia, de um extraordinário criador-
M.C-Guerra

Anónimo disse...

Olá Filipe.
Acredito que a desilução tenha sido grande. No entanto, quando soubemos do fecho da livraria pensámos que os compromissos assumidos com os clientes iriam ser respeitados. Por esse motivo, não entrámos de imediato em contacto contigo.
Força. Vais ver que o lançamento vai ser um sucesso.
Conta connosco.
Beijos
Cristina e Carlos

Anónimo disse...

Fico sinceramente feliz por si, Filipe. Vou fazer todos os possíveis por estar nesta nova data.
Entretanto peço-lhe que me remeta uma pequena nota de imprensa sobre o que vai passar-se de modo a eu assim poder encaminhar para a divulgação.
Um abraço reconhecido pela amizade demonstrada

Laurentina Pereira

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,

Não tenho a certeza de estar por cá nesse Sábado. Terei de lhe confirmar mais perto da data.

De qualquer forma já corrigi a informação no portal que está actualmente na rubrica de 1ª página «ACTUALIDADES EM MOVIMENTO»

O Museu do Fado também é um local bem escolhido e se eu puder, irei com certeza.

Cordiais cumprimentos,

Cristina Pinto Coelho
www.bestartis.com
o portal das artes
editorial@bestartis.com

Zetti Cunha disse...

Olá Luis Filipe - de cá, do outro lado do Atlântico, venho trazer meus cumprimentos, pelo site, pela obra e áté pela mudança de data e local do lançamento de "A TELA DO MUNDO" - sou muito otimista e tenho certeza de que nada acontece por acaso. Esteja certo de que estas mudanças foram para o teu bem e para o bem da tua obra, apesar de todos os inconvenientes e desgastes. O importante é que estmaos vivos e podemos escrever sol...
Recebi o endereço do teu site através de uma grande amiga e grande poetisa - Maria Saturnino (Sani)- com a qual convivi bom tempo em Paço D´Arcos. Sou jornalista, brasileira, amante da prosa, da poesia, das letras. Entendo que quando alguém escreve um livro está multiplicando sua alma e sendo tu uma alma encantada (pelo teus textos e pelo que dizem os teus amigos)irá encantar-nos a todos com tua obra. Parabéns. Sucesso. Só lamento estar tão distante e não poder comparecer à tua festa no dia 6. Será um dia muito especial, acredite!
Zetti Cunha - Brasil

Anónimo disse...

olá,


Que grande maçada...mas muita força que o caminho se faz caminhando....e temos que ultrapassar os obstáculos que surgem na vida...as vezes destroçados e supreendidos, mas a vida é também uma caixinha de supresas...e as vezes, as mudanças também trazem coisas boas.
Ainda bem que tudo se resolveu bem, relativamente ao lançamento do seu livro, que deve ser tão interessante.
Conte com o meu apoio e lá estarei dia 6 de Dez., as 17h.

espero que corra tudo bem....

cumprimentos


Filipa Amaral

Anónimo disse...

"Eu cercado de sombra outono e chuva / vejo através de um espelho vir até junto de mim o verão" Ruy Belo............Eu vejo o verão vir até ti no dia 6 de dezembro e lá estarei encoberto e feliz à sombra e ao sol da tua (excepcional) poesia.
Marko

Anónimo disse...

Caro Amigo,

Já leu o comentário da Zetti Cunha?
Tal como lhe disse quando se fecha uma porta abrem-se mil janelas. Foi uma sorte para si a Byblos ter fehado. O Museu do Fado tem muito mais carisma e classe.
Depois de muitas voltas, já está marcado o meu lançamento.
Dia 13 de Dezembro, 15H30, No Espaço Exilios, Estoril. (O convite terá de ser feito pela Câmara, ese que lhe envio é só para localizar)
Estou a contar consigo, por isso não marquei dia 6.
O Prof. Doutor António Pena irá fazer a apresentação da minha pessoa e o Luis Filipe fará a dos poemas.
Tenho algumas alunas que irão ler alguns poemas africanos. (Cajueiro e Embondeiro (a duas vozes).
O Ricardo Miguéis (doutorando em Politica Internacional e Director da Revista Autor) lerá "Quando", e a Prof. Dra. Nora Burns (argentina) irá ler um castelhano.
Sei que está muito ocupado mas agradecia que me confirmasse a sua presença. Depois articulamos a sequência dos poemas com o que for dizendo.
Li no seu blog o programa e, de certeza, vai ser o "happening" do ano.
Com muita admiração e amizade,
Sani

luís filipe pereira disse...

Caríssima Maria Saturnino: Claro que é um sim incondicional: com todo o gosto apresentarei no dia 13 os belos poemas do seu lindíssimo livro Entre Margens. E desde já, meus amigos intertextuantes aqui fica o convite para que assistam dia 13 de dezembro, nos Correios/Estoril ao lançamento do livro de Maria Saturnino Entre Margens. Em mais pormenor divulgarei mais tarde este evento de uma pessoa maravilhosa, de um livro pleno de sensibilidade poética e de pontes interculturais.
luís filipe pereira

luís filipe pereira disse...

Caríssima Zetti Cunha: suas palavras, tão belas, tão generosas, traçam uma linha____________ mais longa que o AtLãntico, tão rente do meu coração.Também eu tenho o privilégio de ter como amiga a Drª Maria Saturnino, a caríssima Sani e de lê-la com admiração. Muito lhe agradeço os seus votos. Após feridas, escolhos e golpes, suas palavras são um bálsamo, a limpidez que avisto nelas é de pura água e até dia 6 de dezembro zarparão em mim rumo ao seu afecto.
Bem haja.
luís filipe pereira

Anónimo disse...

Museu do Fado..........magnífico espaço para acolher o teu evento. vai ser um grande momento que todos desejamos estar presentes para festejar o elogio da tua poesia. Venham todos assistir ao nascimento desta obra daquele que é já um grande poeta. rui

Anónimo disse...

Caro Dr. L. F. Pereira,
Visto ocorrer em dia em que habitualmente não me encontro em Lisboa, não poderei, infelizmente, assitir ao lançamento do seu livro. Agradeço, em todo o caso, o seu amável convite, felicito-o pela publicação e faço votos para que tenha a sua nova obra o sucesso editorial que seguramente merece.
Receba os meus cordiais cumprimentos.
José Bettencort da Câmara

Anónimo disse...

Lá estarei. Dar-lhe-ei os parabéns de tantos, caro Filipe, que se sucederão como merece, dado o escritor fabuloso que é, nas múltiplas teclas que consegue tinir nos seus textos.
V. de Almeida

Anónimo disse...

Luís Filipe Pereira,

Gostaria de estar presente no lançamento do seu livro Tela do Mundo. Mas, é-me de todo impossível. Se entretanto pensar na sua apresentação no Porto ou em Gaia, terei todo o prazer em comparecer. Desde já desejo-lhe as maiores felicidades para o seu livro e naturalmente para si, e certamente que, apesar das adversidades imprevistas que lhe aconteceram, essa apresentação vai correr muito bem.

Domingos da Mota

Anónimo disse...

Contem com a presença do EscritArtes!

Anónimo disse...

Olá Filipe
Queria apenas que soubesse que já reencaminhei a nota de imprensa para os serviços competentes da CML, para divulgação.
Um abraço e até dia 6!

Laurentina Pereira

Câmara Municipal de Lisboa
Direcção Municipal de Cultura

Anónimo disse...

Confirmadíssimo! Não vejo a hora de ver o tanto que o seu livro dará a ver.............até dia 6
Catarina prates

Anónimo disse...

Caro Luís Filipe Pereira,
Fico contente por saber que conseguiu encontrar um lugar alternativo para o lançamento da sua Tela do Mundo, depois da partida de mau gosto pregada pelos responsáveis da livraria Byblos.
Não poderei estar presente, em virtude de compromissos que me levam para fora de Lisboa no próximo fim-de-semana, mas tenho a certeza de que na festa que é sempre o lançamento de um livro não vai faltar o calor dos amigos nem o interesse de pessoas que gostam de poesia e não perderão a oportunidade de ir à descoberta de um novo poeta.
Parabéns por ter podido dar corpo ao seu "museu imaginário" e votos de que ele encontre um bom acolhimento junto de leitores e críticos, no que será decerto o melhor incentivo a novos empreendimentos poéticos.
Saudações cordiais da
Cristina Almeida Ribeiro

Anónimo disse...

O Filipe é amoroso. Tudo farei para estar para estar presente no lançamento do seu livro que será bem interessante.
Cinha Jardim

Anónimo disse...

Nós estaremos lá: eu, Ricardo Esteves, Sofia Esteves e Rómulo.
Tenho a certeza que o Museu do Fado é um lugar muito mais bonito.

Anónimo disse...

Caro Amigo:

Muito obrigado pela sua compreensão.

Um lançamento no Porto seria magnífico.

Um cordial abraço do

António José Queirós

Anónimo disse...

Muito obrigado, caro Filipe ! Farei todos os possíveis .
Muitos parabéns!
Carlos Couto Sequeira Costa

Anónimo disse...

Muito obrigado, caro Filipe ! Farei todos os possíveis .
Muitos parabéns!
Carlos Couto Sequeira Costa

Anónimo disse...

auguri e in bocca al lupo!
laura cesana

Anónimo disse...

Olá amigo Luís Filipe,
Sem dúvida alguma que este convite esta uma maravilha, o meu muito obrigada pelo envio e a certeza que no sábado às 17h lá estarei para aquele abraço.

Beijos,
Laura Gil

Anónimo disse...

Até sábado às 17h, que emoção!
Rafaela Falcoeiras

luís filipe pereira disse...

Faltam-me as palavras para agradecer tanto ânimo, expectativa, entusiasmo, amizade, confio porém que a Tela do Mundo pode, em lugar de mim, com seus poemas dizer-vos o que nestas palavras de agradecimento seria demasiado insuficiente. Bem-hajam.
luís filipe pereira

Anónimo disse...

Beijos e até amanhã.
Mina Manuel

Anónimo disse...

Amanhã lá estaremos TOdos!
Tiago Diogo

Anónimo disse...

Caro Dr. L. F. Pereira,
Visto ocorrer em dia em que habitualmente não me encontro em Lisboa, não poderei, infelizmente, assitir ao lançamento do seu livro. Agradeço, em todo o caso, o seu amável convite, felicito-o pela publicação e faço votos para que tenha a sua nova obra o sucesso editorial que seguramente merece.
Receba os meus cordiais cumprimentos.
José Bettencourt da Câmara

Anónimo disse...

Olá Filipe,

tenho tudo organizado para estar presente amanhã, tb enviei o convite para colegas e amigos.

Muita sorte e break a leg

Adelinda Candeias

luís filipe pereira disse...

Caríssima Professora Doutora Adelinda Candeias, minha saudosa Professora de Psicologia da Criatividade, em sede de Mestrado, é uma honra, um privilégio contar com a sua presença, com o seu afecto.
Bem-Haja
luís filipe pereira

Anónimo disse...

Luís,

Desejo-lhe muitos amigos, muita luz, muita paz, poesia e melodia na sua grande "estreia".
Um beijinho
Mónica

Anónimo disse...

Lá estarei, quem merecerá mais do que tu (e tudoooooo)?
Sandra ramos

Anónimo disse...

Estive todo este tempo a navegar pelo teu blog. Estou maravilhada! PARABENS.
Ana Margarida Cabrita

Anónimo disse...

Grande falha seria a minha se não
louvasse tal evento e, no meio do
que tinha desejar-te grande provento.

Entre tais ilustres figuras, tive de me levantar da tumba, e assim
vir das alturas pra aqui dançar a rumba

grandes nomes de intelectuais é tudo o que aqui vejo, ante tais e tais eu não passo dum percevejo...

mesmo assim ficam meus votos que mais parecem saidos dum hospício
deste que também foi grande

Felinto Elísio

Mel de Carvalho disse...

LFilipe,
Existem momentos, momentos mágicos e angulares, que ficarão para sempre em inscritos a cinzel na plasticidade de nossas almas. Creia que este dia ficará na minha até ao fim dos meus, como de rara beleza: - pelo espaço, digníssimo. pela plateia, repleta. pela palavra, a sua. demiurga, primeva. e, acima de tudo isto: pela consolidação do que intuí desde o primeiro dia em que nos cruzámos no umbral das palavras: O Luís Filipe é alguém a quem vou querer chamar de amigo pela vida fora. e com quem, estou absolutamente certa, tenho muito a aprender.

Grata, LFilipe, por este livro que nos oferece. Pelo homem que abriga em si. pelo tudo e pelo tanto.

Afecto maior
Mel

Anónimo disse...

Muito lamento mas não vou poder estar presente no lançamento do seu livro.
Desejo-lhe no entanto o maior sucesso.

Hélio Cunha

Paula Cajaty disse...

Filipe,
A inteligência divina sempre nos surpreende com sua força e generosidade.

Parabéns pela coragem, pela fibra de suportar todos os revezes.

Parabéns, ainda mais, pela suntuosidade do lançamento de seu primeiro livro no Museu do Fado.

Dia 06 de dezembro é, para mim, um dia que mudou minha vida. Foi nesse dia que renasci outra. Desejo que seja, também para você, um dia de renascimento e renovação.

Com carinho,
Paula